quarta-feira, abril 04, 2007

Zoologia:Tigre de circo

Puseram a jaula de frente para o mar.
Lá dentro, o tigre está imóvel, fixando
as ondas.Mas o seu espírito não está ali:
ruge com o vento, com o mar,com as marés;
e paira, como um pássaro, sobre este mundo
baixo e preso às leis imutáveis da terra.

Nuno Júdice

3 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Isabel querida, a tua poesia lembra-me outra de Rainer Maria Rilke. Beijo guapa

A Pantera

De tanto olhar as grades seu olhar
esmoreceu e nada mais aferra.
Como se houvesse só grades na terra:
grades, apenas grades para olhar.

A onda andante e flexível do seu vulto
em círculos concêntricos decresce,
dança de força em torno a um ponto oculto
no qual um grande impulso se arrefece.

De vez em quando o fecho da pupila
se abre em silêncio. Uma imagem, então,
na tensa paz dos músculos se instila
para morrer no coração.

(tradução de Augusto de Campos)

05 abril, 2007  
Anonymous Andarilhus said...

A sorte do Tigre... é a de todos nós...
Bom, mas estamos em tempo de júbilo, de renascimento... primaveril!
Outro animal sofre, por esta altura: O Coelho tem de pôr Ovos! Concorrência às galinhas?! Já o Peru quer destronar o Bacalhau da ceia de Natal... Como isto vai...
I, desejo-te uma boa Páz-coa.
Beijo de amêndoa.
"(ª0ª)"

05 abril, 2007  
Blogger Daniel Aladiah said...

Rugindo... :)
Um beijo
Daniel

08 abril, 2007  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

on-line hits.