terça-feira, fevereiro 13, 2007

Tu e eu

Feliz o momento em que estamos sentados no palácio,
Tu e eu,
Com duas formas e duas figuras, mas com uma só alma,
Tu e eu.
As cores do bosque e a voz dos pássaros darão imortalidade
Ao tempo em que entrarmos no jardim,
Tu e eu.
As estrelas do céu virão contemplar-nos,
e nós mostrar-lhes-emos a lua,
Tu e eu.
Tu e eu, não mais indivíduos, seremos misturados em êxtase,
Jubilosos e protegidos de toda a tagarelice sem sentido,
Tu e eu.
Todos os cintilantes pássaros do céu
Hão-de devorar de inveja os seus corações
No lugar em que riremos assim,
Tu e eu.
Este é o maior dos prodígios: que tu e eu,
Sentados aqui no mesmo canto, estamos os dois, neste momento,
Um no Iraque e outro em Khorasan.


Jalaleddin El Rumi

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

on-line hits.