segunda-feira, outubro 30, 2006

The Bonsai cats

In an e-mail from the secretary
of the linguistics department
I heard about the bonsai cats. A cruel Japanese
is raising them in bottles in New York.

Food is inserted into their prisons through a straw
and excretions are extracted in the same way.
All this, as noted, is to sell
bottled cats as souvenirs.

At the end of the message there was a petition,
against advertising the souvenirs
and marketing them.

I immediately signed the petition
and passed it along to 70 good people.

In response my electronic mailbox
locked down
for 24 hours.

Later, my brother wrote to me
that the bonsai cats were a hoax.

Apparently there is no limit
to how sick people can be
and who am I to talk?

I open the window of the book
to a new collection of poems,
and the clear horizon opens wide
with animals and without people.

Rami Saari

1 Comments:

Blogger I said...

Tradutor hebraico de Fernando Pessoa premiado em Telavive

O tradutor israelita de Fernando Pessoa, Rami Saari, obteve o Prémio Tschernikovsky 2006, atribuído pela Câmara Municipal de Telavive, pela sua tradução do clássico espanhol de Juan Ramon Jimenez «Platero y Yo».
Em colaboração com o estudioso português Francisco Costa Reis, Rami Saari já traduziu para hebraico dois livros de Fernando Pessoa, o segundo dos quais, intitulado «Que Fiz Eu da Vida?», será lançado em Junho. O primeiro, uma antologia de Álvaro de Campos com o título «Da Mais Alta Janela», saiu há dois anos.

Rami Saari, 43 anos, formado em linguística pela Universidade Hebraica de Jerusalém, já traduziu mais de vinte livros de uma dúzia de idiomas, incluindo, além do português e do espanhol, o grego, o húngaro e o finlandês.

Diário Digital / Lusa

09-05-2006 20:02:00

30 outubro, 2006  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

on-line hits.