segunda-feira, outubro 17, 2005

Arquipélago

Tornam os grous de volta a ti, e buscam curso
Para tuas margens, de volta, os navios? respiram desejados
Ares em torno da maré pacificada, e ensolara o golfinho,
Atraído da profundeza, à nova luz, seu dorso?
Floresce a Jônia? é tempo? pois sempre que é primavera,
Quando aos viventes o coração renova-se e o primeiro
Amor desperta aos humanos e de tempos áureos a lembrança,
Venho a ti e te saúdo em tua quietude, Ancião!


Sempre, Poderoso, vives ainda e repousas à sombra
De tuas montanhas, como vivias; com braços de moço abraças
Ainda tua terra amável, e a de tuas filhas, Pai!
De tuas ilhas, ainda, as floridas - nenhuma está perdida.
Creta está aí, e verdeja Salamina, crepusculada de louros,
Circunflorida de raios; à hora do nascente eleva
Delos sua cabeça inspirada, e Tenos e Quios
Têm de frutos purpúreos quanto basta; de colinas bêbadas
Jorra a bebida de Chipre, e de Caláuria tombam
Ribeirões de prata, como outrora, nas velhas águas do Pai.


Vivem ainda todas elas, as mães de heróis, as ilhas,
Florindo de ano para ano, e se por vezes, do abismo
Desvencilhada, a flama da noite, a tempestade dos ínferos
Empolgou uma das belas, e essa moribunda se afundou em útero -
Oh Divino! tu aturaste - pois à flor das escuras
Profundezas, muita coisa já te nasceu e sucumbiu.

(...)

Holderlin

11 Comments:

Blogger legivel said...

Este alemão de uma figa (os seus poemas foram tocados por algo de indizível) só podia acabar assim: doido varrido. Para nosso deleite. Ponto. Parágrafo.

NOTA: Nem me atrevo a pegar-lhe na palavra...

17 outubro, 2005  
Blogger I said...

Quem se atreve? rs*!

17 outubro, 2005  
Blogger Fernando Palma said...

Li umas 3 vezes.
Não conhecia este poeta. Brilhante, hein?
Estética apurada...
Beijo.

17 outubro, 2005  
Blogger Pêndulo said...

Não tenho comentários a fazer, limito-me a ler, no entanto quero que tenhas presente que o faço para que mantenhas este desvendar.

18 outubro, 2005  
Blogger Mendes Ferreira said...

Holderlin. sempre. para que a memória ainda faça o sonho rasgar a realidade.abraço.

18 outubro, 2005  
Anonymous Anónimo said...

hey nice posts i added you to my bookmarks

Just wanted to say everything you posted was a good read.
Its nice too see that some people create decent and entertaining blogs, yours kept me reading for well over 10 minutes.

Thanks!

18 outubro, 2005  
Anonymous Pozinhos de Perlimpimpim said...

Que belissimo poema me deste a conhecer. Obrigada pela tua visita ao meu cantinho. Beijos Mágicos

19 outubro, 2005  
Blogger GNM said...

Gosto imenso de visitar o teu blog, pois descubro por aqui poesia que nunca tinha ouvido falar...

Continua a sorrir!

19 outubro, 2005  
Blogger Mendes Ferreira said...

bom dia Asas bons voos. e um abraço.

19 outubro, 2005  
Blogger beja-me said...

Lindo! adorei. mesmo!!!!!

19 outubro, 2005  
Blogger Mendes Ferreira said...

entendo. claro. obrigado. bjs. às claras.:)

19 outubro, 2005  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

on-line hits.