quarta-feira, novembro 02, 2005

Não há ninguém...

Não há ninguém à entrada de Novembro.
Vem como se não fora nada.
A porta estava aberta,
entrou sem pisar o chão.

Não olhou o pão, não provou o vinho.
Não desatou o nó cego do frio.
Só na luz das violetas se demora
sorrindo à criança da casa.

Essa boca, esse olhar.Essa mão
de ninguém.vai-se embora,
tem a sua música, o seu rigor, o seu segredo.
Antes porém acaricia a terra.

Como se fora sua mãe.


Eugénio de Andrade

4 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Nice Blog!!!   I thought I'd tell you about a site that will let give you places where
you can make extra cash! I made over $800 last month. Not bad for not doing much. Just put in your
zip code and up will pop up a list of places that are available. I live in a small area and found quite
a few. MAKE MONEY NOW

03 novembro, 2005  
Blogger I said...

fogo...vou ficar rica...e depois lá se vão as minhas virtudes...

03 novembro, 2005  
Blogger Vivis said...

Um tempo que uma poesia não me tocava como essa.
obrigada!

03 novembro, 2005  
Blogger legivel said...

..."fazer dinheiro extra", pode trazer complicações...

Cambada de "falsários"! E gostam de partilhar a "arte"!!

03 novembro, 2005  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

on-line hits.