terça-feira, julho 04, 2006

Poemas a Lesbia - LXXXV

Odio y amo. Por qué lo hago, me preguntas tal vez.
No sé, pero siento cómo se hace y me torturo.


Cayo Valerio Catulo

1 Comments:

Blogger Um Poema said...

Odeio e Amo.
Caio Valerio define-nos ao definir-se neste poema.
Gostei.
Um abraço

04 julho, 2006  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

on-line hits.