quinta-feira, junho 16, 2005

Uma educação sentimental,a resistência e a sua luz, lágrimas

Quem fui?Que sentido teve a minha presença
num tempo que este filme evoca
e já tão tristemente fora do tempo?
Não posso faze-lo agora, mas um dia
vou ter de aprofundar bem esta questão,
até um definitivo alívio...
(...)

Pier Paolo Pasolini

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

on-line hits.